SGL

Explorações Científicas

Após as conferências de Bruxelas (1876) e de Berlim (1884-1885) a política de penetração e ocupação do continente africano alterou-se. Portugal, com escassos recursos, sentiu-se pressionado a reagir e a agir de acordo com a nova dinâmica internacional. As explorações de âmbito comercial ou científico que organizara a partir dos meados do séc. XIX, concretizadas nomeadamente por Joaquim Rodrigues Graça em 1843, Frederick Welwitsch (1852-1860) ou de José Anchieta em Angola durante cerca de trinta anos, foram complementadas com outras cujo carácter científico-geográfico se foi alterando. Referimo-nos às viagens de exploradores portugueses realizadas em Angola e Moçambique de que se destacaram, entre outros, Serpa Pinto (1877-1879), Brito Capelo (1877-1885), Roberto Ivens (1877-1885), Henrique Dias de Carvalho (1884-1888), Francisco Newton (1880-1907) ou José Pereira do Nascimento (1888-1911).

Abril 2017
S T Q Q S S D
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
Newsletter