Património Cultural diversidade e diálogo intercultural

15 de Novembro de 2018
15:00

Sessão comemorativa do Ano Europeu do Património Cultural, que se realiza no próximo dia 15 de Novembro de 2018, pelas 15 horas, organizado pelas Secções de Arqueologia, Artes e Literatura, da Etnografia e do Património, subordinada ao título: “Património Cultural diversidade e diálogo intercultural”. A sessão terá lugar no Auditório Adriano Moreira, solicitando-se aos participantes e demais sócios o uso do colar da Sociedade de Geografia de Lisboa.

PROGRAMA

Prof. Doutor João Senna-Martinez – “Arqueologia, Etnicidade e Identidade: Um Caso de Estudo em Trás – os – Montes Oriental”.

Mestre Dr. José Fernando Reis Oliveira – “A Igreja de São Pedro no contexto histórico da cidade de Elvas”.

Mestre Drª Maria Helena Correia Samouco – “Um Padrão dos Descobrimentos Portugueses em Museu de Berlim – Notável peça da Etnografia de Portugal”.

Profª. Doutora Maria João Pereira Neto -“Genius loci – património e memória: Aljezur”.

Prof. Doutor Mário Kong -“A Caligrafia no âmbito do Património Cultural da China”.

0 TURISMO NA VALORIZAÇÃO DO HOMEM – Uma abordagem transdisciplinar

23 de Novembro de 2017
14:30

Seminário organizado pela Secção de Etnografia em colaboração com as Secções de Arqueologia, Artes e Literatura, Estudos do Património, e de Turismo que se realiza no próximo dia 23 de Novembro de 2017, pelas 14h30 no anfiteatro Adriano Moreira e intitulado: ‘0 TURISMO NA VALORIZAÇÃO DO HOMEM – Uma abordagem transdisciplinar’ (comemorativo do ano internacional do turismo).

Programa

Luís Chaves (1888-1975) e Sebastião Pessanha (1892-1975), entre a etnografia, a arqueologia e a salvaguarda patrimonial

3 de Dezembro de 2015
16:16

Seminário “Luís Chaves (1888-1975) e Sebastião Pessanha (1892-1975), entre a etnografia, a arqueologia e a salvaguarda patrimonial”, promovido pelas Secções de Arqueologia, Estudos do Património e Etnografia, que terá lugar no dia 3 de Dezembro de 2015 pelas 16h15 no Auditório Adriano Moreira.
Oradores:
Maria Helena Correia Samouco (Sociedade de Geografia de Lisboa)
Perfis de Luís Chaves e Sebastião Pessanha
Maria Barthez (FCSH – Universidade Nova de Lisboa)
Etnografia e Cultura Popular: as lições de Luís Chaves (1956-57)
Ana Ávila de Melo | Lívia Cristina Coito (Museu Nacional de Arqueologia)
Luís Chaves em Santa Vitória do Ameixial. O encontro entre a a
rqueologia e a etnografia
Ana Cristina Martins (FCT / IHC-NOVA – CEHFCi-U.Évora)
Luís Chaves e Sebastião Pessanha: dois etnógrafos entre arqueólogos

A Etnografia e as Belas Artes no contexto Europeu.

16 de Junho de 2015
15:00

Seminário organizado, em conjunto, pelas Secção de Etnografia e Secção de Artes e Literatura que se realiza no próximo dia 16 de Junho de 2015, pelas 15h00 no anfiteatro Adriano Moreira e intitulado: A Etnografia e as Belas Artes no contexto Europeu.

PROGRAMA

 15h00 – Abertura pelo Sr. Presidente da Sociedade de Geografia Prof. Doutor Aires de Barros

15h10Prof. Doutor João B. N. Pereira Neto “ Da Academia do Nu e da criação, em 1925, da Escola de Belas Artes de Lisboa, aos reformados que se dedicam à Pintura num concelho do Barlavento Algarvio”

15h40Mestre Dr. José Fernando Reis Oliveira “ O pintor catalão D. Luis Vermell y Busquets em Elvas”

16h10Profª. Doutora Ana Cristina Martins “A imagética do Grand Tour e o poder da ruina Arqueológica (sec. XVIII-XIX)

16h40Dr. Vitor Escudero “Usos, Costumes e Tradições Europeias no Ex- Librismo”

17h10Profª. Doutora Maria João Pereira Neto “Arte e cidade – visões do quotidiano no contexto das «modernidades» ”

17h40Mestre Drª Maria Helena Correia Samouco “Etnografia Arte e Cultura  na Sicília. Memórias de viagens”

18h10 – Debate e encerramento.

 

A água entre a (i)imaterialidade e a (sobre)vivência

12 de Dezembro de 2013
15:00

Seminário 4 sobre “A água entre a (i)imaterialidade e a (sobre)vivência” promovido pelas Secções de Estudos do Património e de Etnografia, que terá lugar no dia 12 de Dezembro entre as 15h00 e as 19h00, no Auditório Adriano Moreira.

Augusto Moutinho Borges (CLEPUL / CEIS20)

Fons Vitae – Água e Matéria: Figurações Azulejares

Ana Cristina Martins (IICT)

A água, as suas (i)materialidades e um caso de cripto-história

Maria João Pereira Neto (FA-UL)

Água e os pintores da vida moderna – uma reflexão sobre arte e vida nos contextos da modernidade

Vítor Escudero (ANBA / ISCSP)

Sobre a(s) água(s) das Ciências da História – páginas de Heráldica, Ex-Librísmo e Falerística

Pedro Marques de Abreu (FA-UL)

Paisagens da Saudade, Poéticas do Mar

Maria Helena Samouco (SGL)

Cenários etnográficos contextualizados da utilização da água sob um olhar antropológico

João Caldeira Cabral (SGL)

Os regadios colectivos nas comunidades rurais de montanha – Um caso de estudo

João Pereira Neto (SGL)

Água na perspectiva da Antropologia Social e Cultural no dealbar do século XXI

A Etnografia na abordagem literária – comentando obras de etnógrafos e referenciando a importância do acervo etnográfico em Bibliotecas e Museus da Península Ibérica

22 de Novembro de 2012
15:00

O Presidente da Sociedade de Geografia de Lisboa tem a honra de convidar V. Exa e Exma. Família a assistirem ao Colóquio “A Etnografia na abordagem literária – comentando obras de etnógrafos e referenciando a importância do acervo etnográfico em Bibliotecas e Museus da Península Ibérica” promovido pela Secção de Etnografia, que terá lugar no próximo dia 22 de Novembro de 2012, pelas 15h00, no Auditório Prof. Adriano Moreira.

PROGRAMA

15h00 – Abertura pelo Prof. Doutor João Pereira Neto, Secretário Perpétuo da Sociedade de Geografia de Lisboa.

15h10 – Mestre Drª Maria Helena Correia Samouco: “A Etnografia na literatura de viagens-Entre a observação de Wenceslau de Morais e a de Fernão Mendes Pinto”.

15h40 – Prof. Doutora Ana Cristina Martins: “Entre a palavra e a imagem: a etnografia no discurso arqueológico”.

16h10 – Mestre Dr. Luís Maçarico: “Prática etnográfica em Alves Redol: Descobrindo o seu espólio do Museu do Neo – Realismo”.

16h40 – Mestre Dr. José Fernando Reis de Oliveira: “Alguns aspectos do acervo etnográfico do Museu Gonzalez Santana, de Olivença”.

17h10 – Prof. Doutor João Pereira Neto: “De Júlio Dinis (Livros integrados na Crónica da Aldeia) e Camilo Castelo Branco (A Brasileira de Prazins – Senas do Minho) a Paul Theroux (The Lower River) – quase dois séculos de diferença, a mesma preocupação com os detalhes etnográficos”.

17h40 – Debate e Encerramento.