Actividades

Política de Instrução Pública na Nova Zelândia e Diferenças Nos Sistemas de Gestão de Administração Pública

22 de Abril de 2009
18:00

Conferências promovidas pela Comissão Americana e pela Secção de Instrução Pública sobre os temas:

“Política de Instrução Pública na Nova Zelândia: Breves Reflexões”, pelo Senhor Prof. Cat. João Baptista Pereira Neto;

“Nova Zelândia e Portugal – Sistemas de Gestão de Administração Pública distintos?”, pela Senhora Mestre Ana Luísa Ribeiro.

no dia 22 de Abril de 2009, pelas 18h00 no Auditório Adriano Moreira.

Ilhas Míticas

20 de Abril de 2009
17:30

Conferência da Professora Drª Antonieta Costa, promovida pela Secção de História e subordinada ao tema:

“Ilhas Míticas”

Este tema é o resultado de um trabalho de investigação da oradora que resultou em cinco documentários produzidos pela RTP e com o apoio do Governo regional dos Açores no dia 20 de Abril de 2009 pelas 17.30 horas.

“Os dez anos de investigação intensa sobre a cultura popular nos Açores por Antonieta Costa deram origem aos documentários “Ilhas Míticas”, realizados por Teresa Tomé.

“Este projecto tem a ver com a classificação, em categorias e em tempos, das festividades populares na Região” explica Antonieta Costa, autora dos guiões dos documentários “Ilhas Míticas”. “Comecei a encontrar muitas semelhanças entre as nossas festividades e outras europeias muito mais antigas e fui avançando com trabalhos feitos de há dois séculos por historiadores e antropólogos, que investigaram a cultura popular europeia, em que eles próprios recuaram uns milhares de anos”. Assim, “o meu trabalho foi o de ligar as festividades açorianas com estas já existentes”. Um trabalho de investigação árduo pela variedade de disciplinas que envolve, desde a arqueologia, à antropologia, a mitologia e a história das religiões. “É muito difícil encontrar uma disciplina que faça o percurso que fiz, pelo que procurei uma sintonia entre as várias disciplinas”. Há cerca de três anos, Teresa Tomé propôs a Antonieta Costa a transposição deste trabalho do papel para a imagem. Um trabalho – que decorreu entre 2007 e 2008 – que fluiu naturalmente e que correu “muito bem”. “Quando apresentei a Teresa Tomé os guiões e as imagens que eu já tinha, a qualidade das imagens não a satisfazia, pelo que começámos do zero”. Algo que tornou a colaboração ainda mais interessante. “Em 2007 viajámos pela Europa, pelos pontos que eu já havia contactado anteriormente. Contactámos especialistas das várias áreas, com mérito reconhecido universalmente, que nos deram importantes testemunhos e que vieram reforçar a hipótese que tínhamos lançado.” O resultado é a série “Ilhas Míticas”, que tem todos os ingredientes para agradar o público açoriano. “Estes conteúdos irão interessar a população açoriana. Já fizemos experiências e a aceitação foi extraordinária, ao prender a atenção inclusive das crianças.”

Continuidade

“Este trabalho não deve ficar por aqui, se se pretender que as festividades preservem essa sua qualidade enquanto objecto histórico”, considera Antonieta Costa. “Eu esbocei esta teoria, que tem de ser aprofundada. Isto é só o esqueleto do que deve ser feito. Tenho que segmentá-lo e agora vou desmembrá-lo e aprofundar em determinadas áreas.”

23 de Dezembro de 2008” in http://www.expressodasnove.pt

Estudo da Variabilidade do Atlântico Nordeste a partir de Altimetria por Satélite

8 de Abril de 2009
17:30

Conferência promovida pela Secção de Geografia Matemática e Cartografia sobre o tema:

“Estudo da Variabilidade do Atlântico Nordeste (1995-2006), a partir de Altimetria por Satélite”

proferida pela Prof. Doutora Clara Lázaro,no dia 8 de Abril de 2009 pelas 17h30 na sede da SGL (Auditório Adriano Moreira).